24.06.2019

Tornando a Globalização Justa

Este foi o lema da 15ª Escola de verão (International Kassel Summer Academy - IKSA), organizado entre 16 e 21 de Junho pela FES Berlin em parceria com a Universidade de Kassel.

O programma tem como objectivo, oferecer aos jovens activistas de vários países uma oportunidade de trocar ideias sobre desenvolvimentos económicos e políticos actuais, de partilhar as suas experiências e engajamentos e de criar laços para uma cooperação internacional rumo a uma globalização mais justa.

O contra com a participação da estudante moçambicana de Relações Internacionais, Palloma Matusse, e outros 21 jovens oriundos de 17 países. 

Durante o seminário, tópicos como economia e finanças, mudanças climáticas ea influência da globalização nelas e / ou delas na globalização, dinâmicas na divisão de tarefas and acima de tudo condições de trabalho e as várias lutas the organizações da sociedade civil, entre outros, foram discutidos. 

Para além das sessões tématicas, Palloma e outros participantes do programa, visitaram uma the fábricas da Volkswagen (VW) - "conversamos com o the representante de um dos maiores sindicatos de trabalhadores na Alemanha (a IGMetall), que falou-nos do trabalho que é feito naquele nível e de como eles têm advocado pelos direitos e boas condições de trabalho dos empregados da VW. Nunca tinha tido a possibilidade de troca com o âmbito sindical e a experiência tem sido enriquecedora para o meu próprio activismo politico. " resume a jovem moçambicana. 

Friedrich-Ebert-Stiftung
Escritório Moçambique

Av. Tomás Nduda, 1313
Caixa Postal 3694
Maputo – Moçambique

(00 258) 21 49 12 31
(00 258) 21 49 02 86

info(at)fes-mozambique.org
www.fes-mozambique.org

voltar ao início